domingo, 2 de junho de 2013

Legião Urbana - Mais do Mesmo


A banda Legião Urbana voltou a ganhar destaque na mídia nacional novamente com o lançamento do filme "Faroeste Caboclo", que segue em cartaz nos cinemas. Escrevo aqui que ganhou destaque na mídia porque entre fãs e rodas de violão em festas o Legião Urbana nunca deixou de estar presente. Agora, com a produção nas salas, estes puderam respirar novos ares com o mesmo sucesso de antigamente. O mesmo ocorreu em 1998 com o lançamento da coletânea "Mais do Mesmo", dois anos após a morte do vocalista Renato Russo e consequente fim do grupo.

Apesar de ser a segunda coletânea da Legião Urbana, "Mais do Mesmo" foi o primeiro a reunir canções de todas as fases da carreira que durou de 1982 a 1996. Seu sucesso teve início com o lançamento de estreia, que leva o nome da banda, e chegou às lojas em 1985, e cujos três maiores sucessos abrem esse CD: "Será", "Ainda É Cedo" e "Geração Coca-Cola".

É interessante notar que em virtude do extremo sucesso nacional, todas as músicas desse disco são conhecidas pelo público em geral, claro que umas mais e outras menos. Quem ainda não conhece esse som, vale à pena procurar. Após esse início mais rock quase adolescente (da época), a carreira da Legião Urbana foi entrando em momentos reflexivos, é aí que surgem músicas como "Eduardo e Mônica", "Tempo Perdido" e "Índios", faixas presentes aqui que saíram do álbum "Dois".


Após esse momento, Renato Russo e companhia entraram em uma fase mais madura de sua posição no rock nacional, as consequências do sucesso, a influência que tinham na sociedade em geral e isso refletiu-se nas canções. É desse momento que surgem de forma mais rock com "Que País É Este" e a épica "Faroeste Caboclo", que originou o filme em cartaz atualmente, ambas do álbum "Que País É Este", de 1987.

Ainda no mesmo clima são as seguintes "Há Tempos", "Pais e Filhos" e "Meninos e Meninas", em que Renato Russo escancara sua homossexualidade. As três faixas são do disco "As Quatro Estações", de 1989. A penúltima fase tem tons de melancolia e tristeza, aqui representados pelas músicas "Vento No Litoral", do álbum "V", de 1991, e ainda "Perfeição" e "Giz", ambas de "O Descobrimento do Brasil", de 1993. Talvez isso se dê ao fato do vocalista e líder da banda ter contraído o vírus da AIDS, em 1989, fato que nunca revelou publicamente.

Por fim, e também chegando ao fim da coletânea, temos um momento de mais romantismo em que aparecem a música "Antes da Seis", do álbum "Uma Outra Estação", antes disso, Russo apresenta mais um momento rock, mas ligado à fase anterior com "Dezesseis", do disco "A Tempestade". Curiosamente, a música "Mais do Mesmo" não entrou na coletânea com o mesmo nome.


Além de Renato Russo, a Legião Urbana era formada por Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos (em sua formação "clássica"), e ainda com Renato Rocha (em sua formação "original", considerando os primeiros discos do grupo, até 1989).


Músicas de "Mais do Mesmo", do Legião Urbana:

01- Será
02- Ainda é Cedo
03- Geração Coca-Cola
04- Eduardo e Mônica
05- Tempo Perdido
06- Índios
07- Que País é Este
08- Faroeste Caboclo
09- Há Tempos
10- Pais e Filhos
11- Meninos e Meninas
12- Vento no Litoral
13- Perfeição
14- Giz
15- Dezesseis
16- Antes Das Seis

Nenhum comentário:

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...