segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Lady Gaga - Depois do sucesso, a evolução musical


Qualidade musical nem sempre é um item obrigatório para se obter o sucesso no atual mercado da música. Por incrível que pareça, isso é verdade e acontece bastante. Não quero aqui criticar quem está no topo. Meu post de hoje vem justamente pelo contrário, reconhecer que uma nova "diva" do pop está melhorando em seus hits: Lady Gaga. As aspas aqui ao diva é uma brincadeira em torno de toda a polêmica que se deu devido à sexualidade da cantora quando ela apareceu.

Quando surgiu, Lady Gaga chamou muito mais a atenção por diversas polêmicas do que pelas músicas. Começando pela sexualidade já dita, falaram que ela podia ser hermafrodita, situação que ela utilizou no seu clipe de "Telephone", hit ao lado da outra diva pop atual Beyoncé. Suas roupas e clipes extravagantes que buscavam também chocar podiam ser uma tentativa de esconder uma possível música ruim.

Não foi bem isso que aconteceu. Em seu primeiro álbum, "The Fame", de 2008, já se podem ouvir músicas pop de qualidade, incluindo aí "Just Dance", "Paparazzi" (primeira música dela que eu escutei) e "Poker Face". Mesmo com seus clipes cheio de esquisitices, as canções sem estes podem ser escutadas de forma agradável em qualquer tocador presente na internet.


Em 2009 veio a continuação, "The Fame Monster", um relançamento do disco anterior com oito faixas adicionais. Nessas, Lady Gaga já demonstrou evolução e apresentou músicas como a já citada "Telephone", mas também "Bad Romance" e "Alejandro". Com "The Fame Monster", veio o grande sucesso mundial.

E nesse ano de 2011, veio "Born This Way". Com esse disco, Lady Gaga demonstrou não se prender só a músicas dançantes. A faixa título seguiu essa linha ainda, mas já trouxe um pouco mais de instrumental, completando a canção com melodia, não ficando só em batidas e barulhos secos. Considero "Judas" uma escorregada, principalmente pela letra.

Mas o que me levou a escrever esse texto foi "Yoü and I". Nessa canção mais lenta, Lady Gaga se aproxima e supera cantoras como Sheryl Crow e Shania Twain. Aqui ela é mais mulher do que uma simples garota querendo chamar a atenção, como faz Britney Spears agora depois de ser mãe! Com "Yoü and I", Lady Gaga ganhou o meu respeito como artista. Posso dizer que sou fã dessa música e de quem a canta.

* Tenho certeza que muito rockeiro vai torcer o nariz... hehehe...
Para esses, digo que mais para frente volto a falar de rock, ritmo que realmente me faz gostar de música... hehehe

Um comentário:

Bruna disse...

Grande texto, grande crítica! Esquisitices a arte, Lady Gaga é de fato uma artista de muito talento, seu sucesso estrondoso é apenas o reflexo de um bom trabalho, executado por uma mulher corajosa e empreendedora!

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...