segunda-feira, 6 de junho de 2011

Cel.U.Cine abre inscrições para países de língua portuguesa


Conhecido pelo pioneirismo no incentivo à criação e difusão de conteúdo audiovisual em novas mídias, o Cel.U.Cine, festival de micrometragens criado pelo Oi Futuro em 2008, inova este ano ao abrir inscrições para todos os países de língua portuguesa. O evento, que chega a sua quarta edição, terá início em junho e será realizado em duas etapas.

Os vencedores de 2011 receberão prêmios de R$ 18 mil, R$ 15 mil e R$ 7 mil. Além disso, o melhor filme escolhido em votação popular receberá R$ 4 mil. Realizado pela Associação Revista do Cinema Brasileiro, em parceria com o Oi Futuro, o Cel.U.Cine tem como objetivo revelar talentos e criar uma cultura de produção audiovisual em novos formatos.

Concorrem aos prêmios filmes com duração de 30 segundos a 3 minutos, produzidos em celular, câmera digital ou mini-DV. Os participantes, profissionais ou amadores, devem ter mais de 16 anos e podem inscrever quantos micrometragens quiser, pelo site www.celucine.com.br.

As inscrições para a primeira etapa começam em junho, após anúncio oficial, e os candidatos terão um mês para incluir filmes dos mais diversos gêneros, como animação, ficção ou documentário.

O ano de 2011, além do concurso em si, ficará marcado também pela Mostra Especial, que exibirá micrometragens produzidos por seis renomados diretores: os brasileiros Beto Brant, Lázaro Ramos e Jorge Furtado, o argentino Hector Babenco, o português David Rebordão (fenômeno de acessos na internet, com o curta "A Curva") e o angolano Mario Bastos (autor do curta "Kiari", vencedor de um dos principais prêmios de Luanda).

Estas produções não concorrerão aos prêmios. "A ideia é que os diretores experientes mostrem o que é possível fazer com boas ideias e baixo orçamento. Esses filmes vão servir de inspiração para os participantes", diz o cineasta e produtor Marco Altberg, diretor do Cel.U.Cine.

Desde sua primeira edição, em 2008, o Cel.U.Cine teve mais de mil filmes inscritos e hoje é considerado a maior plataforma de visibilidade deste formato de produção audiovisual. No ano passado, o grande vencedor foi "O Mala Man", (http://www.youtube.com/watch?v=UlGTU9hhUT4), das paulistanas Marina Puech e Lana Sultani.

O Cel.U.Cine está presente no cenário internacional por meio de 11 filmes que concorrem na terceira edição do festival holandês "LIsFE - Leiden International Short Film Experience", realizado anualmente por estudantes estrangeiros da Leiden University. O evento é totalmente dedicado aos curta-metragens e reúne, este ano, competidores para o "Pocket Cinema Award", microfilmes desenvolvidos a partir de câmeras fotográficas e de celulares. O festival será no dia 10 de junho e terá como tema "Remake de Filmes Clássicos".

O Cel.U.Cine conta com uma comissão julgadora formada por profissionais de destaque no cenário audiovisual, como José Wilker, Cora Ronai, Adriana Alcântara, David Rebordão (Portugal) e Mário Bastos (Angola). Cada uma das duas etapas terá cinco semifinalistas. Portanto, serão 10 filmes selecionados para a final - todos serão premiados com telefones celulares com câmera.

O anúncio da primeira etapa será divulgado no dia 14 de junho, durante a programação do Cine Ceará. No mês seguinte, será divulgado o primeiro grupo de semifinalistas e o tema da segunda etapa. Em seguida, começam as votações pela internet para a escolha de melhor filme pelo júri popular. Os vencedores serão anunciados em outubro.

Nenhum comentário:

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...