terça-feira, 7 de junho de 2011

Arnaldo Antunes grava trilha sonora de curta metragem


Marcelo Linhares, Davi Moraes, Arnaldo Antunes e Zé Ricardo

No meio de maio, Arnaldo Antunes foi de São Paulo direto para o estúdio da Gegê Produções gravar uma versão exclusiva para o curta metragem "O Brasil de Pero Vaz Caminha" da música de Chico Buarque e Ruy Guerra "Fado Tropical". O filme, dirigido por Bruno Laet, e produzido por Tania Carvalho e Janaina Diniz Guerra, mescla a carta de Pero Vaz de Caminha com imagens do Brasil contemporâneo, que ora constatam, ora discordam absolutamente do primeiro documento histórico escrito sobre o Brasil.

Chico e Ruy autorizaram o uso da música, cujo fonograma de 1973 será usado na abertura, e vibraram com a possibilidade de uma nova versão, com pegada contemporânea de Arnaldo Antunes. E assim foi feito, com produção de Davi Moraes e Zé Ricardo, que se revezaram nas cordas (bandolim, guitarra, cavaquinho, violão) e a participação de Cesinha na bateria e Marcelo Linhares no baixo.

Arnaldo fez parte de tudo desde o começo, da elaboração do arranjo à finalização. "Adoro trabalhar em grupo, estar no meio da galera, e quem não gosta?", disse. "O Brasil de Pero Vaz Caminha" , que ganhou o Prêmio SESC Rio de Fomento à Cultura, será lançado dia 11 de julho no Espaço SESC, em Copacabana.

Nenhum comentário:

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...