domingo, 20 de fevereiro de 2011

Moacyr Franco emociona e faz rir em show fechado


foto: Renato César Ribeiro

Com a voz e a veia cômica em dia, Moacyr Franco emocionou a plateia e fez as pessoas rirem em show em festa fechada na noite do último sábado, 19 de fevereiro de 2011, na Sociedade Lírica de Joinville. O cantor de longa carreira, comediante, letrista e multi artista tocou por duas horas sucessos antigos, músicas regravadas por outros nomes e canções novas.

O cantor apresentou sucessos do auge de sua carreira, como "Eu Nunca Mais Vou Te Esquecer", e "Cartas na Mesa" e "Pedágio", que, inclusive foi um bis a pedido do organizador do show. Moacyr criticou dizendo que ninguém mais conhece aquelas músicas e que as de hoje em dia é que são boas ao puxar para a plateia cantar junto marchinhas de carnaval como "Me Dá Um Dinheiro Aí" e "Aurora".

O comediante soltou várias piadas durante o show, puxou mulheres para dançar e lembrou seu atual personagem no programa A Praça É Nossa, no SBT, o Jeca Gay, com sua música "Verdade de Pescador", mais uma composição sua. Nesse momento, Moacyr Franco chamou cinco homens para encarnar o personagem.

De sucessos gravados por outros artistas, ele lembrou de quando estava em crise na carreira profissional tocando para cerca de 15 pessoas em lonas de circo. Foi nessa época que chegou um homem dizendo que a dupla João Mineiro e Marciano queriam gravar uma música dele. Ela era "Seu Amor Ainda É Tudo", que hoje é cantada em grande parte dos shows sertanejos. Foi ela que fez com que Moacyr Franco desse uma nova guinada em sua carreira.

Das novas canções, duas puxam pelo lado humorístico. Uma delas fala das dificuldades da terceira idade com bom humor chamada "Se Vira Nos Cinquenta". Aliás, ele fez questão de rir dos eufemismos utilizados hoje em dia como "idoso" ao invés de chamar de "velho" e, principalmente o termo "melhor idade".

A outra composição atual dele apresentada já foi gravada por Rita Lee e se chama "Tudo Vira Bosta". Ele fez questão que o público cantasse junto com ele o refrão, que é justamente o nome da canção.

Moacyr Franco faz apologia à amizade ao cantar a música "Amizade". Ele fez questão de todos aprenderem a letra do refrão e continuarem cantando até o final do show:

"Amizade, felicidade,
Ainda é tempo,
Me abrace agora
Que amanhã pode ser tarde,
Amor bonito é amizade"

Esse show, limitado a 200 pessoas e completamente lotado, mostra que muitos desses cantores da época em que era preciso ter uma poderosa voz para ter sucesso, ainda estão vivos e se apresentando. Resta às pessoas de hoje em dia saber valorizar esse grandes nomes antes que eles se percam.

Nenhum comentário:

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...