quarta-feira, 14 de abril de 2010

O primeiro filme joinvilense 35mm/dolby digital


”Cara, estamos num filme”. Assim começa “Cinemaiêutica”, uma história permeada de metalinguagem e referências a clássicos da sétima arte. O curta-metragem, produzido em RED, a mais moderna câmera digital de alta definição do momento, e finalizado em 35mm, é o primeiro do gênero em Joinville (SC) e será lançado em abril.

Segundo o diretor do filme, Rodrigo Falk Brum, a realização dessa obra é um marco para a produção cinematográfica joinvilense. “Nunca antes na história da cidade rodou-se um curta-metragem com tecnologia de cinema digital 4k, finalização em película 35 mm e som Dolby Digital 5.1, o que possibilita a exibição em qualquer sala de cinema do Brasil e do mundo”.

O filme foi viabilizado pelo Mecenato Municipal de incentivo à Cultura de 2008 e pelo Edital de 2009. Sua produção custou cerca de R$ 75 mil. A obra foi rodada em tempo recorde, nas madrugadas de 20 e 21 de junho de 2009. O local escolhido foi o Botequim da Frau. Além de ter uma relação histórica com a cidade, ele ainda possui traços de sua arquitetura original, o ambiente perfeito para transmitir a energia dos botequins dos anos 50 que o filme precisava.

Com os mesmos produtores de “Sob o Céu de Joinville”, "Cinemaiêutica" teve uma equipe mista, com profissionais de Joinville e São Paulo, o que proporcionou a troca de conhecimento. Participam da produção João Maurício Leonel, que trabalhou no longa-metragem “Blindness”, de Fernando Meirelles e “Jean Charles”, de Henrique Goldman. O filme conta ainda com a participação dos globais Bethito Tavares (Roberto) e Pedro Furtado (André).

O filme já está sendo distribuído para festivais nacionais, luso-brasileiros e também será distribuído para festivais americanos, europeus e asiáticos. Cinemaiêutica participa, de março a abril de 2010, da “9ª Edição da Mostra do Filme Livre”, no Rio de Janeiro (RJ). Em Joinville, serão distribuídos gratuitamente 600 DVDs para escolas da cidade, além de um evento de estreia, com exibição gratuita, aberta à comunidade. O filme poderá ser assistido também no site oficial www.cinemaieutica.com.

Texto: Criacom Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...