quarta-feira, 22 de abril de 2009

Mostra de Cinema Catarinense começa hoje


A produção de filmes locais entra em destaque a partir de hoje, 22 de abril, em Florianópolis. A Fundação Catarinense de Cultura (FCC) promove a Mostra de Cinema Catarinense até o dia 30 deste mês. Serão 17 produções exibidas no Museu da Imagem e do Som (MIS) no Centro Integrado de Cultura (CIC). Com entrada gratuita, o evento faz parte das comemorações de aniversário de 30 anos da FCC. As obras em questão foram premiadas nos editais de 2001, 2002 e 2005 do Edital de Cinema Prêmio Cinemateca/Fundação Catarinense de Cultura. Destas se destacam os longas “Seo Chico – Um Retrato” (foto), de José Rafael Mamigonian, e “Doce de Coco”, de Penna Filho, e o média-metragem “Maciço”, de Pedro MC.

PROGRAMAÇÃO:

DIA 22 DE ABRIL DE 2009 – QUARTA-FEIRA – 17:30 HORAS

O SR. E A SRA. MARTINS
Direção: Laine Milan – 14 min. – Edital 2002
Sinopse: A sra. Martins abre os olhos, fita o teto. Olha para o lado. Ele não está. Levanta-se. A chuva fina, lá fora, sugere um mundo que se encolhe. Exatamente como ela. Mas chega o domingo. Dia de voltar ao cemitério e reencontrar o Sr. Martins. Conversar e, quem sabe, dar um fim a esta estranha situação.

O FILME QUE NINGUÉM VIU
Direção Marco Stroisch – 57 min. – Edital 2001
Sinopse: Na época das chanchadas da Atlântida, num mercado dominado por produções estrangeiras, na norte da Vera Cruz, no nascer do Cinema Novo, na ânsia por uma indústria cinematográfica nacional, numa Florianópolis alienada, um grupo de jovens sai à rua para realizar um filme: A Preço da Ilusão, história em preto e branco, o fracasso mais retumbante da cultura catarinense.

O ESPELHO
Direção Flavia de Mello Zancheta – 15 min. – Edital 2002
Sinopse: “O Espelho” é um documentário onde as crianças criam suas próprias histórias e representam uma ligação do nosso mundo com um mundo mágico, um espaço racionalmente difícil de explicar, sem linearidade e que só é interpretável através do sentimento.


DIA 23 DE ABRIL DE 2009 – QUINTA-FEIRA – 17:30 HORAS

ALUMBRAMENTOS
Direção: Laine Milan – 20 min. – Edital 2001
Sinopse: é ambientado numa comunidade da Ilha de Santa Catarina, durante a década de 40. Na história, baseada no conto "A Sobrinha da Senhora Dodsworth", do escritor catarinense Jair Francisco Hamms, o menino Francisco apaixona-se pelas palavras, principalmente pelas que não conhece. Entre um mergulho e outro nos verbetes de seu velho dicionário, Francisco está prestes a descobrir um mundo novo, que desperta, se espreguiça, se agiganta.

MIRAMAR, UM OLHAR PARA O MUNDO
Direção: Marco Martins e Ricardo Weschenfelder – 45 min. – Edital 2001
Sinopse: O documentário resgata a história do saudoso bar Miramar, que entre as décadas de 20 e 70 do século passado, funcionou sobre o Trapiche Municipal no centro de Florianópolis, junto à praça XV de novembro. "Miramar, um olhar para o mundo" apresenta o retrato de uma época e de uma cidade através do bar que transcendeu o próprio nome. A partir de reconstituição ficcional, depoimentos e acervos históricos encontramos uma ilha, que sobre um trapiche mirava o mar e enxergava além o mundo que aos poucos se aproximava e que fez dela a cidade que conhecemos.

L´AMAR
Direção: Sandra Alves – 19 min. – Edital 2001
Sinopse: "Em 1983, um fenômeno conhecido como Calmaria 88 a ausência total de vento, fez com que duas mulheres em uma prancha de windsurf ficassem à deriva em alto mar durante duas noites e três dias." Como sobreviver numa situação desesperadora? Como não desistir quando a única saída é esperar, sem ter nenhuma certeza de salvação.


DIA 24 DE ABRIL DE 2009 – SEXTA-FEIRA – 19:30 HORAS

MACIÇO
Direção: Pedro MC – 79 min. – Edital 2005
Sinopse: Maciço é um documentário produzido em Florianópolis, que tem como tema a vida, as expectativas e, principalmente, a voz dos moradores de 17 comunidades do Maciço do Morro da Cruz, localizadas na região central da capital. É o retrato de uma Florianópolis que ninguém vê, a não ser os próprios moradores de suas vielas e ruas que não têm nome.


DIA 27 DE ABRIL DE 2009 – SEGUNDA-FEIRA – 17:00 HORAS

SEO CHICO – UM RETRATO
Direção: José Rafael Mamigonian – 100 min. – Edital 2001
Sinopse: O lavrador Francisco Thomaz dos Santos era personagem vivo da história quase extinta dos engenhos de farinha, de cana-de-açúcar e alambiques na Ilha de Santa Catarina, atual Florianópolis, no litoral sul do Brasil. O filme é um testemunho dos encontros dele com a equipe de filmagem, buscando transparecer ao máximo a intensidade emocional dessa experiência, tragicamente interrompida.


DIA 28 DE ABRIL DE 2009 – TERÇA-FEIRA – 17:00 HORAS

UM VENTO NOSTÁLGICO
Direção: Leandro Andrade da Silva - 15 min. – Edital 2002
Sinopse: Veterano da Segunda Guerra entra em conflito com seus vizinhos ao praticar todos os dias um curioso ritual de homenagem aos companheiros mortos em combate.

AOS ESPANHÓIS CONFINANTES
Direção: Ângelo Clemente Sganzerla - 30 min. – Edital 2002
Sinopse: É um farowest que se passa no ano de 1929 e versa sobre a conquista do Oeste do Estado de Santa Catarina nos confins com o Rio Grande do Sul, Argentina e Paraná. Uma aventura ficcional.

A MÃO DO MACACO
Direção: Jefferson Bittencourt - 20 min. – Edital 2005
Sandra e Lucas comemoram o aniversário da mãe. Um estranho visitante traz para a casa da família um sinistro objeto: a mão decepada de um símio, que ele diz ser capaz de realizar os desejos de seu possuidor. A câmera caseira que registrava a festa torna-se agora a testemunha dos fatos misteriosos. Uma adaptação contemporânea do conto clássico de W.W.Jacobs.



DIA 29 DE ABRIL DE 2009 – QUARTA-FEIRA – 17:30 HORAS

DOCE DE COCO
Direção: Penna Filho – 104 min. – Edital 2005
Sinopse: Sacoleira Madalena e o artesão sacro Santinho lutam bravamente pela sobrevivência da família, sem perder a esperança de dias melhores. Para driblar a difícil situação financeira, apelam para as loterias, até surgir um sonho fantástico: um tesouro enterrado no cemitério da pequena cidade de Fartura. Linhas tênues separam o que é real, sonho e pesadelo, nessa desesperada e engraçada busca ao tesouro.



DIA 30 DE ABRIL DE 2009 – QUINTA-FEIRA – 17:30 HORAS

NEM O CÉU, NEM A TERRA
Direção: Isabela Hoffmann Dummer – 25 min – Edital 2002
Sinopse: Nem o Céu, Nem a Terra, conta a história de Alex, menino de rua de 11 anos e sua amiga Paula de 10 anos, que lutam para sobreviver a realidade do abandono e da violência. O filme questiona a realidade das ruas, inserindo as crianças num contexto de sonhos e de fantasia transportados para o vôo sem rumo de uma pandorga. Alex se entrega a esse sonho de liberdade enquanto o irmão busca nas drogas um meio de sobrevivência. Paula representa o equilíbrio. Ela sobrevive às ruas.

DESILUSÃO
Direção: Bob Barbosa e Marco Stroisch – 25 min – Edital 2005
Sinopse: Inspirado livremente em O PREÇO DA ILUSÃO, longa inaugural do cinema de ficção em Santa Catarina, lançado há exatos 50 anos, o curta DESILUSÃO reapresenta, no contexto social atual, os descaminhos de Maria da Graça e Maninho na busca de seus sonhos.

SORRIA VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO
Direção: Chico Caprário – 23 min – Edital 2001
Um filme inteiramente rodado sob o ponto de vista de câmeras de vigilância, num roteiro espalhado nas ruas, onde as vozes caladas do anonimato gritam através de gestos no verdadeiro limite entre o sublime e o patético. A graça não se manifesta, ela é inconsciente.



SESSÃO PARA CRIANÇAS – INFANTIL

DIA 24 (SEXTA-FEIRA) E 28 (TERÇA-FEIRA) DE ABRIL DE 2009
HORÁRIO: 15:30 HORAS

AS AVENTURAS NA ILHA DA MAGIA
Direção: Rubens Belli – 15 min – Edital 2001
Vídeo de animação, adaptado de um livro escrito por Yedda Goulart. É uma história interessante, e vale pela recriação de pontos turísticos da Ilha, como a Fortaleza de Anhatomirim, a Lagoa da Conceição e a velha Figueira da Praça XV, que conversa com as crianças.

Um comentário:

Avestruz Pelado disse...

Que legaaaaaal. Um dos tartarugas ninjas. Hé hé hé hé hé hé hé

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...