quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Eagles – Hell Freezes Over

Após 14 anos de rompimento, Don Felder, guitarra e vocal; Glenn Frey, guitarra, piano, teclados e vocal; Don Henley, bateria, percussão e vocal; Timothy B. Schmit, baixo e vocal; e Joe Walsh, guitarra, órgão e vocal; resolveram voltar a tocar juntos no Eagles. Lançado em 1994, o álbum tem o nome de “Hell Freezes Over” porque, em 1980, Don Henley comentou que a banda só se reuniria de novo “quando o inverno congelasse (when hell freezes over)”.

O show contou com a gravação de 11 músicas para um acústico da MTV americana e mais outras canções plugadas. O som tipicamente do rock dos Estados Unidos, característica principal dos Eagles, está presente desde country, baladas e um som mais urbano. Foi com isso que eles se tornaram um dos maiores fenômenos da música daquele país na década de 1970, com o grande sucesso “Hotel California”, rearranjado para este disco.

Logo no início do show, Glenn Frey brinca que eles nunca se separaram, apenas tiraram umas férias de 14 anos. O CD “Hell Freezes Over” contém as músicas em ordem diferente do DVD com o mesmo título. O vídeo tem ainda três canções a mais, entre elas, “Help Me Through The Night”, de Joe Walsh, uma bela faixa que não deveria ter ficado de fora do lançamento no disco pequeno.

O álbum começa com rock and roll na faixa nova “Get Over It”, que chegou à quarta posição da parada Mainstream Rock Tracks em 1994. Eles demonstram um pouco da raiva característica do ritmo em frases como “It’s like a going to confession everytime I hear you speak” (É como ir ao confessionário toda vez que eu te escuto falar). Sem contar com os solos do trio de guitarras.

Depois do momento rocker, eles entoam baladas como “Love Will Keep Us Alive”, outro novo sucesso da banda. A faixa da voz aguda de Timothy chegou ao topo da parada Billboard Adulto Contemporâneo. Romântica ao extremo, a letra diz “I would die for you. Climb the highest mountain. Baby, there’s nothing that I wouldn’t do” (Eu morreria por você. Escalaria a mais alta montanha. Baby, não há nada que eu não faria). Os slides de guitarra dão o tom country à faixa.

Na mesma linha, Frey canta “The Girl From Yesterday”, uma canção tipicamente country que começa com um pouco de ironia quando diz logo na primeira estrofe: “It wasn’t really sad when we sad goodbye” (Não era realmente tão triste quando nós nos despedimos). O violão continua dominando em “Learn To Be Still”, na voz do vocalista principal e baterista Don Henley.

Um dos grandes clássicos do Eagles é a country “Tequila Sunrise”, do álbum “Desperado”, de 1973. Uma bonita canção na voz de Glenn Frey. Detalhe para bandolim tocado por Don Felder. O maior sucesso da banda, “Hotel California”, foi rearranjado e ganhou uma bela introdução ao violão de Felder e a dupla dele com Joe Walsh no solo final. Novamente a música carregou o grupo para o topo das paradas.

Os Eagles também têm momentos de pura introspecção. É o caso de “Wasted Time”, uma faixa muito bem trabalhada com a participação de instrumentistas clássicos. Dá para sentir o sentimento que eles quiseram passar. A música faz parte do disco “Hotel California”, de 1976. Pode-se dizer o mesmo de “Pretty Maids All In A Row”, na voz de Joe Walsh. Percebe-se que 1976 foi o ano áureo da banda.

Num tom mais urbano, a canção “I Can’t Tell You Why” foi lançada em 1979, no disco “The Long Run” e já trazia a sonoridade da década de 1980 através da presença constante do som de teclados. Esta faixa é cantada pelo baixista Timothy B. Schmit. Como o ego dos membros do Eagles sempre foi um problema. Don Henley conseguiu inserir a faixa “New York Minute”, de sua carreira solo, do disco “The End Of Innocence”, 1989, neste especial.

Uma interessante música é “The Last Resort”, que fecha o disco “Hotel California”, com uma bela letra de esperança em meio a destroços. O som country volta forte com o violão e a guitarra de “Take It Easy”, o single de estréia da banda, em 1972, do álbum “Eagles”. Um típico rock com bateria pulsante e marcada é “In The City”, de “The Long Run”, 1979, na voz de Joe Walsh.

Mais uma faixa bem rock and roll, com direito a um poderoso riff de guitarra, é “Life In Fast Lane”, também do maior disco dos Eagles: “Hotel California”, 1976. A banda termina o álbum “Hell Freezes Over” em tom intimista com “Desperado”, de 1973. Este é um bom exemplar para quem ainda não conhece um dos maiores fenômenos da década de 1970.


Nota 8


Músicas de “Hell Freezes Over”

1. Get Over It
2. Love Will Keep Us Alive
3. The Girl from Yesterday
4. Learn to Be Still
5. Tequila Sunrise
6. Hotel California
7. Wasted Time
8. Pretty Maids All in a Row
9. I Can't Tell You Why
10. New York Minute
11. The Last Resort
12. Take It Easy
13. In the City
14. Life in the Fast Lane
15. Desperado

Um comentário:

Ângelo disse...

Parabéns pelo artigo. Foi o melhor sobre a banda que eu já li na internet em português. Nota 10!!!

Ângelo

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...