sexta-feira, 14 de novembro de 2008

AC/DC – ’74 Jailbreak

Em 1984, a banda australiana AC/DC já estava com o seu sucesso consolidado, havia lançado seus grandes hits como “Highway To Hell”, 1979, e “Back In Black”, 1980. O vocalista original Bon Scott já tinha morrido e Brian Johnson comandava os vocais do grupo. Porém, em 1984, eles resolveram lançar para todo o mundo, cinco faixas que estavam nas lojas somente de sua terra natal. Assim surgiu “’74 Jailbreak”.

Todas as cinco faixas foram lançadas na Austrália em fevereiro de 1975, com exceção da música que dá nome ao disco, “Jailbreak”, de 1976. Na verdade, em 1974, o AC/DC ainda não tinha estourado mundialmente e tinha outra formação da que foi se manter posteriormente. Portanto, este álbum foi algo do gênero “arquivos perdidos”. Além dos donos da banda, os irmãos Angus e Malcolm Young, ambos guitarristas, tocaram com eles em 1974 George Young, baixo; Peter Clark e Tony Currenti, bateria.

Em “Jailbreak”, tocaram Mark Evans, baixo; e Phil Rudd, bateria. Este último saiu do AC/DC em 1983 e voltou em 1994 e continua até hoje. Bon Scott morreu em 1980 sufocado no próprio vômito, o que originou o clássico álbum “Back In Black”, em sua homenagem. No disco “’74 Jailbreak” se vê um AC/DC jovem e com a mesma qualidade que os acompanha por toda a carreira.

O álbum abre com o poderoso riff de “Jailbreak”. O clipe dessa música é muito divertido e eu coloquei após o texto para vocês verem. Dá para perceber os irmãos Young ainda novos. Bem diferente do que se vê hoje, homens com mais de 50 anos, envelhecidos pela grande quantidade de drogas ingeridas.

“You Ain’t Got A Hold On Me” traz a malandragem sonora característica do AC/DC. O hard rock desses australianos não é sempre rápido, mas contém riffs bem trabalhados e cheios de distorção. O som não é especificamente pesado, principalmente considerando os níveis atuais, mas é superior ao que tem surgido hoje em dia. Solos bem elaborados, como os de Angus Young, são difíceis de encontrar nas novas músicas.

O começo com uma virada de bateria, traz o ouvinte para dentro do blues “Show Business”. Essa é a fonte mais forte da qual eles bebem. O blues é a base do rock distorcido do AC/DC. Isso fica bem claro na última música deste disco: “Baby, Please Don’t Go” é uma composição de Big Joe Williams, de 1935, e também foi gravada por Aerosmith, Bob Dylan, The Doors, The Clash, The Animals e muitos outros.

O álbum “’74 Jailbreak” contém ainda “Soul Stripper”, que como a maioria das canções compostas pelos irmãos Young, apresenta uma letra sobre mulheres, com direito a safadezas e tudo mais. Nesta canção foi utilizado o mesmo estilo de refrão de “Show Business”, em que há um grito forte com backing vocals do nome da música. Em meio à fraca produção de rock atual, o melhor é buscar nos clássicos como AC/DC e seu “’74 Jailbreak”.


Nota 9


Músicas de “’74 Jailbreak”

1. Jailbreak
2. You Ain’t Got A Hold On Me
3. Show Business
4. Soul Stripper
5. Baby, Please Don’t Go


Assista ao clipe de “Jailbreak”

Nenhum comentário:

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...