quinta-feira, 20 de março de 2008

Iron Maiden (1980)

O disco de estréia de uma das mais importantes bandas do heavy metal, o Iron Maiden, foi lançado em 1980. Com o mesmo nome do grupo, o álbum apresenta uma sonoridade mais hard rock com o vocalista Paul Di’Anno. A partir de “Killers”, o segundo da carreira, com a entrada de Bruce Dickinson, eles passaram a focar mais no heavy metal propriamente dito.

Mesmo assim, consta na estréia sucessos interpretados por toda a carreira da banda como “Sanctuary”, “Iron Maiden” e “Running Free”. Esta última foi sua música de trabalho e deu tão certo que o grupo foi se apresentar no programa de TV da BBC Top Of The Pops. Liderados pelo baixista Steve Harris, eles se recusaram a fazer playback e foram os primeiros a tocar ao vivo no programa, que já tinha sete anos de existência.

Conforme Gareth Thompson, no livro “1001 discos para ouvir antes de morrer”, “a produção seca deixa o disco com um som de gravação ao vivo, e o vocal áspero de Paul Di’Anno acrescenta uma atmosfera apropriada ao lirismo soturno de Steve Harris. As guitarras são contidas, mas dão corpo às músicas enquanto a voz de Paul se encaixa com precisão nos riffs complexos”.

O disco começa com tudo em “Prowler”. A referida guitarra que dá corpo está aí, conjunta com outra que faz o complemento e a voz de Paul Di’Anno dão realmente a impressão de disco ao vivo, com a produção seca bem característica nesta faixa. “Sanctuary” é um hard rock potente, que, posteriormente foi muito cantado por Bruce Dickinson até mesmo no Rock In Rio 3, em 2001.

Com um ar mais sombrio, “Remember Tomorrow” traz o estilo valorizado pelo Iron Maiden até os dias atuais. Puxando mais para o hard-rock do que para o heavy metal, “Running Free” tem sido bastante tocada na fase Bruce Dickinson. “Phantom Of The Opera” não tem nada a ver com o musical da Broadway, tem sim a pegada da banda do baixista Steve Harris.

“Transylvania” é uma das poucas músicas instrumentais do Iron Maiden, talvez a única de um disco oficial. Entretanto, a ausência do vocalista não traz prejuízos. Já “Strange World” promove, mais uma vez, aquele ar soturno tão trabalhado por Steve Harris. O som característico da banda, muitas vezes reeditado em outras canções, está em “Charlotte The Harlot”. O maior sucesso do disco é justamente a faixa que o fecha: “Iron Maiden”, que nomeia o conjunto.


Músicas de “Iron Maiden”

1. Prowler
2. Sanctuary
3. Remember Tomorrow
4. Running Free
5. Phantom Of The Opera
6. Transylvania
7. Strange World
8. Charlotte The Harlot
9. Iron Maiden


Integrantes do Iron Maiden na época:

Steve Harris – baixo
Dave Murray – guitarra
Paul Di’Anno – vocal
Clive Burr – bateria
Dennis Stratton – guitarra


Site oficial: http://www.ironmaiden.com/


Para ver mais Iron Maiden:
The Number Of The Beast - http://fotolog.terra.com.br/classicosdamusica:35
Fear Of The Dark - http://fotolog.terra.com.br/classicosdamusica:5

2 comentários:

Fernanda do Renato disse...

Oi Renato

Só passei para dizer que Te AMO MUITO e parabenizá-lo pelo site!

Da sua admiradora nada secreta,rs, se namorada,
Fernanda.

Fernanda do Renato disse...

Ops... "se namorada não".. eu sou a namorada do artista..heheeh

Te Amo meu amorzão!
Beijos,
Fer

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...