quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Nirvana – Nevermind


Em 1991, apareceu um som que influenciaria praticamente tudo que dissesse respeito ao rock posteriormente. O álbum “Nevermind”, do Nirvana, mostrou o grunge ao mundo. A palavra “grunge” se refere a garagem, isto é, as bandas desta época vieram das garagens de Seattle, Estados Unidos. Outros grupos importantes deste contexto são Pearl Jam, Alice In Chains e Soundgarden.

Desta fase, o Nirvana é a banda mais importante e “Nevermind” é o disco mais significativo. Este foi o grande estouro que trouxe o rock de novo em destaque, o ritmo decaíra de popularidade antes sem nenhum grande ícone. Agora aparecia o vocalista e guitarrista Kurt Cobain como o transgressor e, até mesmo, incômodo personagem. Após a sua morte, em abril de 1994, tudo mudou e Cobain entrou para a galeria dos roqueiros mais geniais da história.

“Nevermind” já começa com a música símbolo do grunge: “Smells Like Teen Spirit”. Diz-se que o título diz respeito a um desodorante chamado Teen Spirit, e, portanto, “cheira a Teen Spirit”, entretanto, a expressão ‘teen spirit’ significa espírito adolescente em português e, então, a faixa se chamaria “cheira a espírito adolescente”. Musicalmente, a canção tem o andamento característico do grunge: versos suaves com refrão gritado.

A segunda faixa do disco também já se tornou clássica: “In Bloom” é mais uma canção que povoou as paradas de sucesso e a telinha da MTV nos 1990. Em seguida, “Come As You Are” é outra que todo aficionado por rock conhece e ganhou uma versão interessante no “MTV Unplugged” do Nirvana, além de ser o primeiro riff tocado de vários guitarristas.

Recheado de músicas famosas, o disco também apresenta outras que, também são conhecidas, mas não ocupam lugar no rol dos grandes clássicos. “Breed” é uma delas, rápida e rasteira; assim como “Drain You”, “Lounge Act” e “Stay Away”.

Com um riff pegajoso, “Lithium” também ocupa posto de destaque entre as mais conhecidas dos anos 1990. Da mesma forma, “Polly”, que conta com um violão sombrio, assim como “On A Play” e “Something In The Way” estiveram presentes no set do acústico do Nirvana, gravado cinco meses antes da morte de Kurt Cobain.

“Terriotorial Pissings” é bombástica guiada pela bateria de Dave Grohl, que posteriormente montaria o Foo Fighters. Diante do estrondoso sucesso, o Nirvana nunca mais conseguiu fazer algo tão grandioso como “Nevermind”.



Integrantes do Nirvana:

Kurt Cobain – vocal e guitarra
Krist Novoselic – baixo
Dave Grohl – bateria


Músicas de “Nevermind”:

1. Smells Like Teen Spirit
2. In Bloom
3. Come As You Are
4. Breed
5. Lithium
6. Polly
7. Territorial Pissings
8. Drain You
9. Lounge Act
10. Stay Away
11. On A Plain
12. Something In The Way


Para ver sobre Nirvana:

Unplugged MTV In New York - http://fotolog.terra.com.br/classicosdamusica:11

Nenhum comentário:

Destaques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...